Árvore ‘indígena’ que pode combater à covid-19

By | 12 de novembro de 2020

A quilaia, árvore sagrada do povo mapuche, é o suplemento vital da empresa farmacêutica com maior financiamento do governo dos Estados Unidos para desenvolver uma vacina contra a doença.

Esta semana começou com a notícia de uma vacina contra a covid-19 “90% eficaz” da empresa Pfizer. Depois, a Rússia divulgou que a vacina contra a covid-19 Sputnik V tem uma eficácia de 92%. Mas há mais vacinas em desenvolvimento. E uma delas deve seu funcionamento a uma árvore que é sagrada para os indígenas mapuches, do Chile.

Escondido na casca cinza, escura e rachada de uma bela árvore milenar endêmica do Chile, está o ingrediente fundamental para a cobiçada vacina que a farmacêutica sueco-americana Novavax já começou a testar em humanos.

É uma vacina que acaba de obter a designação para via rápida e está em fase final de teste clínico no Reino Unido. Este mês começará seus últimos testes nos Estados Unidos, México e Porto Rico.