Barroso afirma que no STF, soltar corrupto é “ação entre amigos”

By | 29 de setembro de 2018

Barroso

Luís Roberto Barroso, ministro do STF, demonstrou em declaração à Folha de São Paulo hoje que não está de acordo com a soltura constante de políticos, e criticou a postura dos colegas, sem citar o nome de Gilmar Mendes, que praticam os atos.

Disse ele:

“No Supremo, você tem gabinete distribuindo senha para soltar corrupto. Sem qualquer forma de direito e numa espécie de ação entre amigos.”