Dilma – Ministério da Educação, teve R$ 9,2 bilhões cortados

By | 14 de maio de 2016

O lema Pátria Educadora, com o qual o governo esperava pautar seu segundo mandato, parece não ter resistido sequer aos primeiros meses da reeleição. E a razão se explica: o anúncio que as contas públicas haviam registrado o pior resultado da história em 2014 forçou Dilma a mudar de rumo.

Uma das áreas mais afetadas pelo ajuste fiscal que se seguiu, o Ministério da Educação, teve R$ 9,2 bilhões cortados de seu orçamento apenas este ano. Do total, cerca de 1/3, ou R$ 3,4 bilhões se referem a investimentos em creches e pré-escolas, além de quadras esportivas nos colégios.

A ideia de ter 100% das crianças de 4 e 5 anos em pré-escolas teve de ser adiada, a falta de financiamento pesou, e como fica evidente, a obrigatoriedade em lei deste percentual não foi suficiente para realizá-lo.