Lancha apreendida na Lava Jato volta a ser leiloada

By | 30 de setembro de 2016

Após autorização da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, uma lancha apreendida durante as investigações da Operação Lava Jato voltará a ser leiloada na próxima segunda-feira, dia 3 de outubro.

Em dois leilões realizados no ano passado o bem não chegou a ser arrematado e, por determinação da Justiça Federal, o veículo, que era de propriedade do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, volta a ser colocado à venda com o objetivo de recuperar parte dos recursos desviados da estatal petrolífera.

O bem em questão, no valor de R$ 1.738.332,57, é uma lancha denominada de “Costa Azul I”, cabinada, ano 2013, com 13,70 metros de comprimento (com 45 pés), dois motores de Centro com Eixo Volvo Penta, 870 HP, números A235544 e A235543, registrada pela agência da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro, RJ. As fotos e a descrição detalhada do bem estão disponíveis no portal www.superbidjudicial.com.br.A lancha tem débitos referentes ao aluguel do espaço que ocupa na Marina do Condomínio Portobello Resort e Safari, em Mangaratiba (RJ), num total de R$ 61.667, atualizados até 01 de julho deste ano. O pagamento terá que ser feito por quem arrematar a embarcação. Os interessados podem participar do leilão por meio eletrônico, pelo portal www.superbidjudicial.com.br. Caso o bem não seja arrematado, haverá nova convocação para 13 de outubro, com 40% de desconto no lance mínimo.Veja aqui o edital de leilão.