Operação Lava Jato – 26ª fase – 380 policiais federais cumprem 110 mandados judiciais

By | 22 de março de 2016

Numa demonstração da maturidade alcançada pela instituição, a Polícia Federal está realizando nesta terça-feira (22) a 26ª fase da Operação Lava Jato.

Cerca de 380 policiais federais cumprem 110 mandados judiciais nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Piauí, Minas Gerais, Pernambuco e no Distrito Federal. A atual fase foi batizada de ‘Xepa’ e tem como alvo o Grupo Odebrecht.

As investigações apontam possíveis crimes de organização criminosa, corrupção e lavagem de dinheiro oriundos da Petrobras que teriam sido cometidos por empresários, profissionais e lavadores de dinheiro ligados ao grupo.

Do total de mandados, 67 mandados são de busca e apreensão, 28 mandados de condução coercitiva, 11 mandados de prisão temporária e quatro de prisão preventiva. A Polícia Federal também esteve no hotel Royal Tulip. Ao menos até a madrugada desta terça, Lula estava lá.

Segundo o MPF, durante a deflagração da ‘Acarajé’, que era o nome utilizado pelos suspeitos para se referir ao dinheiro irregular, foram constatados indícios de que foi instalado um setor organizado dentro da estrutura da Odebrecht.

E que esse setor era utilizado para pagamentos que incluíam vantagens indevidas a servidores públicos em razão de contratos firmados pela empresa, chamado “setor de operações estruturadas”. O MPF apurou que os pagamentos se estenderam até novembro de 2015, mais de um ano após a deflagração da Lava Jato.

Uma demonstração inequívoca do quanto os empresários, executivos, lobistas e demais envolvidos desdenharam da Justiça, do Ministério Público e da Polícia. A crença na impunidade era a tônica.