Prefeito de Chapecó é expulso do PSB por apoiar Bolsonaro

By | 14 de outubro de 2018

A direção nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB) expulsou dos quadros da sigla o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, nesta terça-feira (18), por declarar apoio a candidatura a presidente de Jair Bolsonaro (PSL).

Em nota assinada pelo presidente do partido, Carlos Siqueira, a expulsão é justificada pela deliberação do congresso nacional do PSB, que decidiu que os membros da legenda apoiariam somente candidaturas de centro-esquerda nas eleições.

Outra definição era que não seria admitido o apoio a candidatos da direita, em especial a Bolsonaro.