Venezuela: inflação atual está perto de 25.000%, cidadãos enfrentam escassez de alimentos

By | 10 de outubro de 2018

A inflação atual da nação antes próspera está perto de 25.000%, de acordo com a legislatura controlada pela oposição, e os cidadãos enfrentam uma escassez crônica de alimentos e remédios.

Atualmente os aumentos do salário mínimo são decretados várias vezes por ano, mas raramente acompanham a depreciação do bolívar, que perdeu 99% de seu valor no mercado negro desde que Maduro tomou posse em 2013.

Em um discurso televisionado, o presidente Nicolás Maduro disse que os trabalhadores receberão 2,2 milhões de bolívares em vales-refeição, elevando a compensação total a 5,2 milhões de bolívares — cerca de US$ 1,98 (R$ 7,46) no mercado negro.

Saiba que 5,2 milhões de bolívares É EQUIVALENTE A R$ 7,46 reais

O PT ganhou o poder no Brasil e a partir daí, com dinheiro dos brasileiros, ajudou os “companheiros”, como os ditadores Castro em Cuba, Chávez e Maduro, na Vene­zuela, financiando obras a fundo perdido também na Colômbia, na Bolívia, na Nicarágua, em Angola, na República Dominicana, e republiquetas africanas onde a esquerda manda.
A tragédia venezuelana foi construída com a ajuda de Lula, de Dilma e do PT.